terça-feira, 2 de agosto de 2011

AFORISMOS DO LUAR

                                                   Jorge Bichuetti

Entre a escuridão da noite e o esplendor da aurora, há o luar... 
                                          ***
O luar é um clamor; nele, a vida clama... entre o calor eufórico da ação e a quietude do sono, o luar é alento, ponte e voo... Uma serenidade para sonhar; um sonhar para a serenidade.
                                          ***
As paixões enluaradas se renovam quando para não se diluírem sob o impacto do clarão solar, se tornam paixão passarinheiras: paixão no voar, paixão no cantar... um suave encantar-se.
                                          ***
A lua só brilha encantada porque compete com a multidão de estrelas que povoam a noite. Tece rede, rede de en-cantos do infinito entre poesias de ternura e cantigas de ninar...
                                          ***
Quando no entardecer o sol mergulha no mar, ele se devem imperceptível para que o mar possa refletir o luar e o céu estrelado... Dispositivo da imensidão; en-cantos de amor.
                                          ***
A lua que aquece a paixão dos enamorados não ofusca o valor da vela que clareia a página de um livro e os versos de um poeta...
                                         ***
Segredo do amor que é vida: a lua para parir o dia, deixa o sol nascer...
                                         ***
O ar que vitaliza o chão sob o efeitos dos fluxos solares... é ar orvalhado na maternagem lunar
                                         ***
A flor e o passarinho... se amam  no entre da vida que nasce na transversalidade do amor entre o sol e a lua.
                                         ***
A poesia da lua enternece o infinito que orvalha o cio da terra; a terra verdejante  canta e o seu canto dá vida ao noturno valsear do luar...


13 de agosto - encontro mensal da universidade popular juvenal arduini
              a educação pela libertação

4 comentários:

Leka disse...

Olá tudo bom?!
Lindas frases sobre o luar!
Particularmente acho a noite, a lua fascinantes!
bjs e paz!
http://guerradosmundosleka.blogspot.com/

Hermenêuticas de Lou disse...

Boa tarde Jorge. Quando há luar toda natureza canta, todos nós reordenamos nossos pensamentos no sentido de fruirmos o máximo da sua beleza e do seu brilho. Beijinhos com carinho. Lou Moonrise.

Jorge Bichuetti - Utopia Ativa disse...

Leka; meu carinho; com ternura lhe desejo toda paz do mundo.Abs ternos, jorge

Jorge Bichuetti - Utopia Ativa disse...

Lou: o luar nos dá suavidade e paz, axonchego tribal... abs ternos, jorge