quinta-feira, 9 de junho de 2011

AFORISMAS SOBRE A VIDA -ANDARILHA QUE BAILA NO HORIZONTE DA UTOPIA

                                                                Jorge Bichuetti

Viver plenamente a liberdade exige que se busque nas selvas densas e escuras da nossa própria intimidade o nosso guerreiro esquecido; pois, só é verdadeiramente livre quem ousa viver a permanente luta pelos voos da libertação, no oceano onde se encontra navegando a sua própria subjetividade e no horizonte que se ergue diante da humanidade.
                                        ***
A paz calada do oprimido é tirania introjetada; os que querem a verdadeira paz hão de cortar as amarras que silenciam a dor da lágrima que cai solitária e desolada...  Para agenciar o novo, é preciso libertar o sonho e a palavra, a arte e a paixão... Exercícios de compaixão ativa.
                                        ***
A vida de apatia e submissão é vida vegetativa; vida esquartejada.
                                        ***
A cólera e a rebeldia são expressões da vida-amor se funcionam, no hoje, como ponte para o amanhã, sobre o abismo da opressão.
                                        ***
A arte é revolução vitalizante e inovadora nos territórios da subjetividade... Quem não vê, assim, também, não percebe que o sustentáculo do poder opressivo e excludente se sustenta nos que desumanizados pela tirania capilarizada da violência normativa, calam no ser humano o desejo de ser, viver e brilhar...
                                       ***
Amor que se alegra no prazer, não se inquietando e se indignando com a dor e a sangria que violenta o outro, A mãe Terra e própria vida... poder durar algum tempo, porém, esgota-se no próprio egoísmo. O narcisismo é um pedra no caminho da felicidade... Para amar, é preciso saber dar e se dar...
                                       *** 
A música é a cantiga da vida que já não canta para os que só escutam a própria voz. Ouvi-la é desfazer-se da couraça de insensibilidade e abrir para uma nova suavidade.
                                       ***
A sociabilidade solidária é a única saída na encruzilhada da história. Sem ela, reificamos um funcionamento regressivo e narcísico que nos leva a destrutividade e a própria autodestruição. O narcisismo, na subjetividade e no socius, é autofágico: come  e corrói a si próprio...
                                      ***
Para a vida do do outro, podemos ser um abismo ou uma ponte... E há os que amando demais, conseguem ser asas...
                                      ***
A arte tece asas... Libertação in natura.


                       

8 comentários:

santuzza disse...

Carissimo jorge.
Hoje terei se Deus quizer e sem desencontro minha terapia com você.Não da entretanto para esperar o comentário da frase do seu blog de hoje: PEÇO-LHE PERMISSÃO para coloca-la num blog meu Um beijo e até mais logo Santuzza

Jorge Bichuetti - Utopia Ativa disse...

Santuzza, toda permissão do mundo: você teve ter toda liberdade que nosso vínculo de amizade e companheirismo lhe dão... pois a tenho com ternura e admiração. Abraços com carinho; jorge

Anônimo disse...

Dr. Jorge, saudades!

No inicio,momentos mais suaves: aprendizado,conhecimento, silencio, sorriso...
O tempo vai passando e vai ficando terrível: medo, desespero, raiva,
pânico aflorado,insegurança, uma bagunça de sentimentos.
Hospital..Um horror!
Afetuoso abraço.
Beijinhos na minha co-terapeuta Lua!

O amigo Adelmo já esreve conosco duas vezes,e falamos sobre o Blog.
Sou Eu, viu!

Concha Rousia disse...

Prazer imenso cantar contigo, e receber o convite para cantar... Hoje estive no Obradoiro, é tão lindo ver a resitência com a alegria com que a levam... Abraços com carinho e cantigas libertadoras, para tecer asas :) e forças para voar, Concha

Jorge Bichuetti - Utopia Ativa disse...

Querida amiga, distante me vejo perto , sentindo tuas dores e angústias...a esperança é uma flor que nasce no chão duroe o deserto fica fértil. O hospital é frio, feito a madrugada; logo, nascerá o sol. Confie. Luínha te manda mil beijinhos, estamos ccm saudade. Paz, forças e bom ânimo. Abraços , jorge

Jorge Bichuetti - Utopia Ativa disse...

conchaa: sim, cantaremos o raiar da aurora no vada que se reinventa na poesia e nas insurgências, meu abraços a todos e aos companheiros de sonhos e vida, jorge

Rosi Alves... disse...

Sua poesia e filosofia e uma leitura suave como se as palavras fossem sonhos,amo demais o que escreve assim vou aprender bastante já que meu português e pobre demais.beijinhos de amor e paz linda sexta!!

Jorge Bichuetti - Utopia Ativa disse...

Rosi: amo a poesia e a filosofia e amo a literatura e aoo a socialogia; e como vivo apaixonado a clínica e a luta social, nos textos dialogo com estas ressôncias que junto com a natureza compõem o ppovoamento da minha vida. Adoro também sua poesia e no fim de semana irei vê-la com cuidado, abraços com carinho, jorge