sexta-feira, 6 de maio de 2011

A FÉ PROFANA NO SAGRADO MUNDO VADIO...

                       DEUS
                           Jorge Bichuetti

Este travesso anjo menino,
dança, ri e canta, presente
nas horas melancólicas e
nos instantes de agonia...
Natureza-Deus; Deus-natureza:
cósmico infinito chão de
estrelas, flores e passarinhos...
Um bruxo, mago, ilusionista:
voa na imensidão das galáxias,
no mesmo instante que no meu
leito, enxuga minhas lágrimas
e cantarola a melodia dos sonhos,
depois, voa... e proseia com os anjos.

        ELE
            Jorge Bichuetti

Magnífico...
Entre a borboleta e a flor,
Ele é o beijo...

Subversivo, na multidão:
pao multiplicado. E na ceia
da intimidade dos amigos:
pão dividido... com o vinho
da amorosa e terna alegria...


              imanência, potência
                                Jorge Bichuetti

no vento, uma folha baila...
ele é a cantiga, a melodia...

no amor, corpos ardentes...
ali, ele caminha
entre o fogo do èxtase
e a flor etérea da ternura...

         ESTRADEIRO
                      Jorge Bichuetti

Diante de deuses, ajoelhei-me;
e no silêncio das minhas preces,
uma poesia ouvi e levantei-me
para buscar no pó da estrada
o amor de um Deus-Andarilho...


amém...

10 comentários:

Concha Rousia disse...

Jorge, a tua poética são portas que se abrem ao espaço interior da pessoa, e dá luz a aquilo que um mais necessita no momento... vou deixar para ti este meu, que um dia escrevi e agora veio na luz destes teus...

Julgando ser Deus
desfiz um formigueiro
matei meus iguais.
CR

E essa música do Raul Seixas... nem comento, grande demais, a perfeita paisagem ou rio, ou sol, para este teu universo de poemas de hoje. Abraços com ternura, Concha

Jorge Bichuetti - Utopia Ativa disse...

Concha, que bom !Seu poema é belíssimo e é algo que me encanta, embora seja dificilimo: o poemeto.
A vida flui na poesia onde alma expande e vida se renova; abraços com carinho. Jorge

Paulo Braccini disse...

Uma combinação de grande sensibilidade ... palavras e sons q traduzem toda uma emoção em sua plenitude ... Adorável ...

;-)

Adilson - Rio de Janeiro - Brazil disse...

Entre o sagrado e o profano segue sempre o inefável ... abraços meu caro amigo

Anjo

Passeei pelo fundo dos teus olhos
Numa grande tentação,
Você me chamou de Anjo,
Anjo da anunciação.
A boa nova que anuncia
Pra sua admiração,
Vem em versos e poesias
Palpitar seu coração.
Moça, linda,
Ingênua e Franca
Seu encantamento é profundo
Mas meu coração é mundano
Meu viver é cigano
Sou um anjo aí do mundo
De sentimentos profanos.
(@by Adilson S. Silva)

Anne M. Moor disse...

Amém Jorge!

Eta poesia bem boa...

bjos
Anne

Ronilda David disse...

Sempre, sempre ná há uma só vez em que qualquer palavra que meus dedos escrevam an tentativa de expressar o que vai em minha alma quando aqui chego é infima...
Creio que o silêncio sabiamente diria mais e corretamente.
Portanto...a ti Jorge Bichuetti,uma rosa... um abraço e sobretudo meu silêncio embevecido por cada gesto, cada palavra escrita e não escrita aqui, pelas canções e o aceno de até breve.

Sofia Rodrigues aprendendo a te seguir um pouco mais a cada dia.

Jorge Bichuetti - Utopia Ativa disse...

Adilson, Vamos criando uma verdadeira sociedade de amigos: uma tribo de poesia, arte, cuidado, liberdade e utopia.
Seu carinho me anima e me alinha,
Abraços com ternura, Jorge

Jorge Bichuetti - Utopia Ativa disse...

Paulo, a ternura nos leva a voos de êxtase e fé, amplificações da vida no caminho do carinho,Abraços jorge

Jorge Bichuetti - Utopia Ativa disse...

Anne, minha poetiza de folhas e ventos, vida e paixões, sua presença me alegra e a alegria é uma prece direta.
Abraços com carinho, Jorge

Jorge Bichuetti - Utopia Ativa disse...

Sofia, no caminho vamos descobrindo no horizonte da vida a aurora e novos caminho de paz e alegria; Abraços, grato pelo carinho, Jorge