quarta-feira, 13 de julho de 2011

EM DEFESA DO CÓDIGO FLORESTAL... PELA VIDA VERDEJANTE!...

no sertão... o passar vaga
entre o luar e os pios pardais...

no fogão-de-lenha, a fumaça
cheira a boniteza da vida terna...

aves e marias... léguas de paz
num existir dado pelo céu estrelado
e pela roça verdejante... longe, da
caninana traiçoeira... dos vendavais
que campina a vida humana só pra
crescer... os tesouros de prata dos
homens lá da cidade... curupiras da
ganância, sacis da matança do verde,
da vida singela... sonho, viola e prosa -
mingau no prato... e um belo florear...  jorge bichuetti



mato é vida de deus;
riacho, anjo da mata...
as aves são violeiras
que cantam a toada
da manhã verdejante;
pão e frutos na mesa... jorge bichuetti



a vida é caminho e sonho
entre flores e estrelas sob
a bênção do luar... u'a casa
no verde... pra ver o azul
do céu rezar a vida alada
dos que podem sonhar
na ternura da floresta
onde moram os passarinhos
que são as flores do cantar... jorge bichuetti


PELO APROVAÇÃO SEM MUTILAÇÃO DA PRESERVAÇÃO DAS FLORESTAS, RIOS E RIACHOS... PELO CÓDIGO FLORESTAL... 
PELA VIDA VERDEJANTE... 
PELO FIM DA GANÂNCIA QUE MATA A MÂE TERRA E DEIXA NA ORFANDADE A PRÓPRIA VIDA...
PELO DIREITO DE SONHAR; LONGE, DA VILANIA QUE É CINZA NO HORIZONTE
E MORTE... DA NATUREZA... DO FUTURO
E DAS SEMENTES QUE SE PROCRIAM NO AMAR...


PELO CÓDIGO FLORESTAL

2 comentários:

Hermenêuticas de Lou disse...

Olá Jorge! Me emociono muito ao ouvir essa música "meu cafezal em flor", isso é muito familiar para mim, e, na atual circunstância onde é falha a saúde da minha mãe, fica ainda mais emocionante ouvir. Grata por esta lembrança maravilhosa aqui no seu Utopia Ativa. Meu especial abraço a ti. Lou Moonrise.

Jorge Bichuetti - Utopia Ativa disse...

Lou:meu carinho eterno; tambpem, me emociono - é meus velhos na memória. Abraços, jorge