quinta-feira, 10 de março de 2011

SOCIEDADE DE AMIGOS: VIDAS IMERSAS NA IMENSIDÃO...

Minhas rugas
                         

                Adilson S Silva
                (Um poema antigo como o meu tempo
                           ... para todos e para ninguém...)

Tudo na vida é transitório,
Mas senta aqui bem diante de mim,
Vamos ter uma conversa simplória,

...Como quem caminha junto até o fim,
Olhe nos meus olhos,
Olhe para mim...

...Que importam as rugas
se a alma ainda é de querubim?...


                              Escola do samba-vida 

                                                   Josiane Souza

E lá se foi o Carnaval....
Sambando todo colorido pela avenida da vida.
Abriu as alas da esperança e dos bons encontros.
Foi destaque das paixões intensas e das alegrias efervescentes,
Compôs blocos de devires...animal..vegetal...devir criança!
Batucou em nossos corações e nos deu ritmo.
Corpos alegóricos!
E restaram os confetes em cores, serpentinas em fluxos, olhares e toques...
Micros carnavais cotidianos!

entre o céu e o mar 

Guilherme Elias

Barulhos, ressoam a nítida expressao do canto leve das gaivotas,
pedras em composiçao da paisagem faze-se cantoria com as ondas que atravessam;
Sob o gosto da areia, se camuflam os carangueijos aloprados de litroglicerina;
Os surfistas rasgam as bordas das ondas feito uma obra de arte que se faz entre céu-mar-máquina-homem,
transitam por entre as extremidades, e rasgam criatividade em meio ao turbulento e alucinante som do mar,
que rufa aos ouvidos do corpo que vibra como um cometa em extinçao...
o vento que sopra nas bordas abre´se como um vel de noiva encharcado de potencia,na batida de um suave tocaR dos carangeijos no seu caminhar...
Entre i ceu i o mar, há de amar, a natureza.

2 comentários:

☯ℒ❀LuGoyaZ❀♬✪ disse...

Olá Sr. Dr. Jorge Bichuetti, convido-o a conhecer meu blog:
http://aprimoramentopessoal-lugoyaz.blogspot.com/ , antecipo meus mais sinceros agradecimentos. LuGoyaZ.

Jorge Bichuetti - Utopia Ativa disse...

LuGoya, já estive e maei. Belíssimo blog... Abraços, jorge